Filiada à Convenção Batista Brasileira, a Igreja Batista do Ipiranga (IBI) é uma comunidade que crê na Bíblia Sagrada como verdadeira Palavra de Deus e que busca viver seus ensinos para a glória o Senhor.

Com 60 anos de história, a IBI conta com aproximadamente 500 membros. O grande mover da Igreja Batista do Ipiranga está em cumprir a missão de “Viver Jesus, fazer discípulos e promover vida”, contando com ministérios constituídos e grupos pequenos. O nosso grande amor por missões, faz com que tenhamos a visão e o comprometimento com a obra evangelística além das fronteiras do bairro do Ipiranga. Por isso, a IBI participa do sustento de 13 missionários, além de projetos das mais diferentes atuações, dentro e fora do Brasil.

As origens da Igreja Batista do Ipiranga estão intimamente ligadas à vida e obra do pastor Demétrio Coev e de sua família. A história da IBI começa no dia que o referido pastor resolve desligar-se da Igreja Batista do Alto da Moóca, comunidade que fundara nos idos de 1950, para instalar-se com a sua família na região de Poá (Grande São Paulo), mais precisamente no povoado de Cidade Kemel. Depois de algumas reuniões evangelísticas, o Pr. Coev resolve comprar, por conta própria, uma propriedade com o intuito de ali se organizarem como igreja.

Foi então marcada a data de 1º. de maio de 1957 para a inauguração do templo e a organização da igreja, que somente ocorreu depois do parecer unânime dos 17 pastores que faziam parte do concílio responsável, tendo o pastor Erodice Fontes de Queiroz como presidente. Nascia a então Igreja Batista Jardim das Oliveiras, com 6 membros oriundos da Igreja Batista do Alto da Moóca. Os membros eram todos participantes da família Coev: pr. Demétrio Coev, sua esposa Pola e os quatro filhos.

Em 5 de julho de 1958 a família muda-se para o bairro do Ipiranga, e junto com eles a igreja. A partir deste momento histórico a igreja passa a ser denominada Igreja Batista do Ipiranga. As atividades são realizadas na rua Lino Coutinho, mesma rua do endereço atual, só que no número 1.826.

O pastor Demétrio Coev esteve à frente da IBI até meados de 1970, quando deixou a função de pastor da IBI por motivos relacionados à saúde. Assume em seu lugar o pastor Arthur Alberto de Mota Gonçalves. No ato de transferência do pastorado, o pr. Demétrio Coev recebe a homenagem da IBI, que lhe outorga o título de Pastor Emérito.

  • Demétrio Coev (1956-1970)

Demétrio Coev, nasceu no dia 10 de novembro de 1911, na Bessarábia, região histórica da Europa Ocidental, de onde veio aos 14 anos de idade para o Brasil. Aqui converteu-se e foi batizado em 18 de agosto de 1928, na Igreja Batista Russa da Mooca, pelo pastor Karlis Grigorowitsch. Pastor Demétrio em 1950, no dia 2 de dezembro, organizou a Igreja Evangélica Batista no Alto da Mooca, da qual foi pastor até 30 de junho de 1956.

Ao sair da IEBAM em 1956, organizou a Igreja Batista do Ipiranga que é considerada filha desta igreja. Voltou a pastorear a IEBAM, interinamente, de 9 de março de 1985 a 9 de agosto de 1986.

Fundou as igrejas batistas de Olaria e Higienópolis, no estado do Rio de Janeiro. Em São Paulo as igrejas de Alto da Moóca, Guaianazes, Vila Dalila e Ipiranga.

Foi casado com D. Póla Coev por 66 anos, com quem teve 4 filhos, Paulo, Vera, Sérgio e Cláudio. Nos seus últimos dias pedia para que não dissessem às pessoas que ele morrera, mas nas suas palavras: – “…diga a todos que fui para a casa que Jesus preparou junto ao Pai.”

  • Pr. Artur Alberto de Mota Gonçalves (de 1970 a 2001)

Foi professor da Faculdade Batista de Teologia de São Paulo e também da Teológica do Grande ABC, sendo diretor das duas instituições, em períodos diferentes.

Em seu ministério, frente à IBI, contou sempre com a preciosa ajuda de sua esposa – D. Cleusa Domingos Gonçalves – psicoterapeuta, professora e palestrante – reconhecida por sua relevante contribuição aos Batistas de todo o Brasil.

Além do curso de Teologia era formado em Pedagogia e Psicologia, pós graduado pelo “Sedes Sapientiae”(PUC _ SP), mestre em Psicologia pela mesma instituição e doutor em Divindade, pelo “THE CRISWEL COLLEGE.
Foi o primeiro tradutor-intérprete de Billy Graham, entre nós, deixando um rico legado, em termos de ensino e exemplo de vida ministerial, sendo reconhecido pela igreja, e por nossa denominação, até os dias de hoje.

  • Pr. Marcílio de Oliveira Filho (de1976 à 1989) – Ministro de Música

Juntamente com sua esposa – Zelda C. Schimenes de Oliveira – fez da IBI o nascedouro do HCC (Hinário para o Culto Cristão) ao tempo em que foi Ministro de Música de nossa igreja. Estudou canto com René Talba e graduou-se pela “Santa Marcelina”, em São Paulo. Lecionou música na Faculdade Teológica Batista de São Paulo, sendo diretor do curso de música por vários anos. Fundou, em 15 de outubro de 1982, a Associação dos Músicos Batistas do Brasil., da qual foi presidente (1982-1988).

Compositor, regente, arranjador e instrumentista, provido de um coração apascentador e de uma personalidade criativa, alegre e cativante; desenvolveu o seu ministério entre nós com a implantação de coros graduados, dedicando uma atenção toda especial às crianças e aos casais.

Em suas obras, Pr. Marcílio procurou aproveitar temas folclóricos e eruditos, concedendo uma “brasilidade” ímpar, tanto às letras, quanto às melodias.

  • Sérgio Freire Lula – Ministro de Música

Formado em Música Sacra, pela FBTSP, atuou na IB de Vila Brasilândia como Ministro de Música, antes de chegar à IBI. Dotado de um espírito jovem e empreendedor, “Lula” – como ficou conhecido, dedicou-se a agregar os jovens e os adolescentes em torno da música coral – realizando grandes musicais.

Neste período, a IBI experimentou uma movimentação bastante intensa – com muitos ensaios e montagens de grandes cenários, que compunham as apresentações.

Uma das atuações de maior relevância foram as montagens do musical “Deus Conosco’ – de Don Moen – que foi executado no Clube Atlético Ipiranga e também no Auditório de Convenções do Anhembi, acompanhado por uma orquestra de 150 músicos e 450 cantores(as), de mais de 4 igrejas diferentes. Nessa ocasião a platéia contou com mais de 4500 espectadores que se sensibilizaram com a mensagem de esperança, trazida pelas doces canções do referido musical.

  • Pr. Josemir Heleno Augusto da Rocha (2001 a 2008)
  • Pr. Eros Pasquini Júnior (2008 a 2009)
  • Pr. Irland Pereira de Azevedo
    (http://ipacurriculum.blogspot.com.br/) (2009 a 2011)
  • Pr. Nelson de Andrade Pacheco (2011 – Até Presente data)
Somos uma IGREJA viva que ama a DEUS e ao próximo. Temos a MISSÃO de compartilhar CRISTO a todas a pessoas, no poder do ESPÍRITO SANTO. Sermos uma família que vive em COMUNHÃO, fazendo discípulos, tornando-os habilitados para o exercício do MINISTÉRIO.
Nossa VISÃO é viver a excelência do EVANGELHO, envolvendo a todos na esfera de amor da FAMÍLIA DE CRISTO, promovendo o crescimento individual e coletivo da IGREJA, para que sirvamos a DEUS e às pessoas. Nossos PILARES são: EVANGELIZAÇÃO – DISCIPULADO – COMUNHÃO ADORAÇÃO – CELEBRAÇÃO.